REA|segunda-feira, novembro 24, 2014

Projeto de lei REA será analisado na Câmara 

Na onda de boas notícias a serem comemoradas nesta semana de evento REA na ALESP, e como reconhecimento da importância da educação aberta para a sociedade brasileira, a Câmara dos Deputados irá analisar um projeto de lei que determina que obras educacionais financiadas por recursos públicos devem beneficiar a todos e estar disponíveis para uso por meio de uma licença aberta, como a do Creative Commons. O projeto também determina que o governo apoie o desenvolvimento de repositórios digitais federados e desenvolvidos com software livre, que permitam o arquivo, a publicação, a distribuição e o fácil acesso a tais materiais.

De iniciativa do Deputado Federal Paulo Teixeira, o projeto, especificamente, “dispõe sobre a política de contratação e licenciamento de obras intelectuais subvencionadas pelos entes do Poder Público e pelos entes de Direito Privado sob controle acionário de entes da administração pública.” O projeto também regulamenta o direito autoral das obras produzidas por funcionários públicos quando do exercício de sua função.

“Há muitos anos trabalho a questão de acesso ao conhecimento e entendo a Internet como instrumento fundamental a tal fim. Ao repensar a educação na era da sociedade do conhecimento, me deparei com o conceito de recursos educacionais abertos e percebi como nossa legislação não trabalha esta questão. O Brasil não pode ficar de fora deste debate, ainda mais porque nosso governo é um dos maiores financiadores de recursos educacionais, seja por meio de compras públicas, seja por meio de salários e bolsas de estudo e pesquisa, seja por meio de isenção de impostos em toda a cadeia produtiva de livros. Os números impressionam! Creio que todos, empresas e pessoas, que recebem tal montanha de dinheiro vindo dos cofres públicos, têm uma obrigação para com a sociedade: compartilhar o resultado de suas pesquisas e o desenvolvimento delas com a sociedade que o/a financiou, permitindo o uso livre de tal recurso educacional” – Deputado Paulo Teixeira

Para mais detalhes, leia o projeto, que também traz importantes  definiçoes sobre recursos educacionais abertos, licenças livres, entre outras.


6 Respostas para Projeto de lei REA será analisado na Câmara

  1. Moisés Basílio Leal

    É preciso, e fundamental no século XXI, democratizar o acesso a produção intelectual humana. O PL do deputado Paulo Teixeira (PT), põe o dedo nessa ferida da propriedade intectual.

     
  2. Pingback: REA: Projeto de Lei » Recursos Abertos

  3. Grupo de Digitalização de Acervo GRUDA

    Bravo Carolina! Nós, do GRUDA grupo de digitalização de acervo do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP, estamos acompanhando, entre uma scaneada e outra, o processo. Esperamos em breve poder publicar “livremente” os links pra baixar (não vamos comprometer a matéria!). Saúde!

     
  4. Pingback: Brazil introduces OER into federal legislation and adopts local government policy - Creative Commons

  5. Pingback: Brazil Pushes OER – Big Time | The Higher ED CIO

  6. Saturnino

    A parte que categorizam como “cultura” financiada com dinheiro público também deveria passar pela licença aberta. Afinal, a educação formalizada não é apenas mediada pela escrita textual.

     

Adicionar um comentário

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Por favor, repita o código descrito acima